A importância de uma alimentação adequada

O que devemos evitar

Nos últimos tempos, a maioria das pessoas tem se preocupado mais com com o sabor, a aparência, a coloração e com os alimentos que sejam mais acessíveis para saciar a fome. Esta má alimentação prejudica não somente a saúde física, mas, por extensão, a saúde mental.

alimentação-adequada-alimentos-industrializados-22

O começo

A formação de hábitos alimentares saudáveis – ou não – é um processo que se inicia desde o nascimento, com as práticas alimentares introduzidas nos primeiros anos de vida pelos pais.

alimentação-adequada-alimentos-industrializados-21

Os benefícios de uma alimentação adequada

Os hábitos alimentares de um indivíduo refletem sua imagem, não só o corpo, mas também a mente que se desenvolve de acordo com a sua alimentação.

Não há dúvida que alimentação de qualidade é fundamental para garantir uma boa qualidade de vida.

Uma alimentação equilibrada, variada, completa e saborosa, aliada à prática regular de atividades físicas, é fundamental para a manutenção da saúde, melhoria da qualidade de vida e prevenção da desnutrição e da obesidade.

alimentação-adequada-comida-02

Alimentação saudável é uma necessidade que vai muito além de manter a forma. Através dos benefícios trazidos pelos alimentos certos é possível evitar uma série de doenças.

Uma alimentação adequada contribui significativamente para uma vida mais saudável – e mais longa!

Cada vez mais pesquisas vêm comprovando os benefícios que uma dieta equilibrada pode trazer não apenas para a qualidade de vida, mas também para a longevidade.

Isso porque alguns alimentos possuem propriedades antienvelhecimento que podem contribuir para se viver mais e melhor.

Para saber mais sobre alimentos e conhecer suas propriedades consulte este artigo ou este outro.

As Proteínas

São alimentos construtores ou reparadores. Eles renovam nossas células gastas e constroem novos tecidos.

As proteínas estão presentes em todos os seres vivos e são essenciais em todos os processos celulares, desempenhando funções vitais no organismo. Muitas delas são enzimas que catalisam reações bioquímicas indispensáveis ao metabolismo.

Não vamos entrar “fundo” neste estudo, posto que é área para médicos e outros especialistas. Para nós, basta saber que “não podemos viver sem elas”.

São fontes de proteínas: carnes em geral, ovos, queijos, peixes e também alguns vegetais, principalmente feijão, soja e ervilha.

Carboidratos

São energéticos, sendo a principal fonte de combustível do corpo. Fornecem as calorias que gastamos diariamente em nossas atividades.

Ao serem ingeridos, os carboidratos são convertidos em glicose, que é o combustível usado por nossas células para produzir energia. Consumimos essa energia em nossas atividades e ela mantém nossa temperatura.

São fontes de carboidratos os pães, as massas, batatas, e praticamente, todos os cereais. O arroz, o trigo e o milho estão entre os mais ricos em carboidratos. O feijão e a ervilha também são calóricos (mais que o dobro da soja).

Atenção: se ingerirmos maior quantidade de carboidratos do que nosso corpo necessita (o recomendado está entre 200 a 300 gramas por dia), o excesso será transformado em gorduras que se acumulam nos tecidos.

As Gorduras

As gorduras se dividem em duas categorias: as boas e as outras. As gorduras boas são essenciais ao bom funcionamento do corpo: são energéticos e veiculadores de muitas vitaminas. Além disso, são benéficas ao coração e sistema cardiovascular, bem como ao cérebro.

As gorduras boas geralmente são de origem vegetal, de sementes, nozes, azeita de oliva e abacate. Também há excelentes 15 gorduras de certos peixes, que são chamadas de ômega – 3.

Para saber mais sobre as gorduras boas, leia “O Ômega 3 na sua saúde… Como ele pode ajudá-lo?”. Há detalhes bem interessantes neste artigo.

E há gorduras prejudiciais, as quais devemos conhecer para evitá-las. Para que este artigo não fique longo demais não vou citar as gorduras nocivas à saúde; para você saber quais as gorduras que deve evitar, vou indicar a leitura do artigo “Óleos comestíveis e sua saúde”, que trata deste assunto com detalhes.

As Vitaminas

Ou reguladores do funcionamento do corpo. Eles não fornecem energia, sua função é manter a máquina do organismo funcionando corretamente.

Vegetais, como verduras e frutas, costumam ser ótimas fontes de vitaminas. Devem ser consumidos, sempre que possível crus, já que a maior parte das vitaminas são sensíveis ao calor e acabam sendo destruídas quando o alimento é cozido.

Os Minerais

Assim como as vitaminas, são reguladores. Exercem importante papel na manutenção da máquina viva. Estão presentes em toda parte do corpo interferindo no equilíbrio das funções vitais do sistema nervoso bem como de todo organismo.

Entre os mais de 60 diferentes elementos minerais que formam o corpo, existem cerca de 22 que são considerados essenciais.

Sete destes incluindo o cálcio, o cloreto, o manganês, o magnésio, o fósforo, o potássio, o sódio e o enxofre, são considerados os minerais principais.

Os outros chamados de oligoelementos, são encontrados em quantidade diminuta no corpo, mas sua importância está nessas pequenas quantidades.

O magnésio é um dos principais fatores de ativação de receptores de insulina, o hormônio que converte açúcar em energia e o coloca dentro da célula. Sem ele, o carboidrato sobra no sangue e não é aproveitado direito. Ou seja, esse nutriente é essencial para afastar o diabetes e a própria síndrome metabólica.

Muita Atenção à quantidade

É muito importante ter uma dieta equilibrada que contenha todos os alimentos essenciais como carboidratos, proteínas, lipídios e fibras em quantidades adequadas para uma boa nutrição.

Através da boa alimentação é possível controlar o peso, retardar o envelhecimento, fortalecer os cabelos e as unhas. Ainda é importante se alimentar nos momentos certos e substituir frituras e doces por frutas e alimentos naturais.

Se você deseja saber mais sobre alimentos, principalmente sobre os que ajudam a perder peso e manter a forma, recomento a leitura do artigo “Como Perder Peso Comendo”.

ARTIGOS RELACIONADOS

18 Vegetais Low-Carb

Como emagrecer comendo

O Ômega 3 na sua saúde… Como ele pode ajudá-lo?

Óleos comestíveis e sua saúde

Voltar à Página Inicial

Deixe um Comentário

* Indicar Campos Obrigatórios